top of page
  • Foto do escritorRedação SulTV

Estado conclui vigilância no foco de gripe aviária no RS

Até o momento, 616 propriedades foram vistoriadas no raio de 5km do foco em Rio Pardo, RS


Foto: Fernando Dias/Ascom Seapi


A Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi) concluiu, na segunda-feira (19/2), as ações de vigilância às propriedades localizadas em um raio de cinco quilômetros a partir do último foco confirmado de influenza aviária de alta patogenicidade, a H5N1, em Rio Pardo.

 

A vigilância na zona 1, referente ao raio de cinco quilômetros, ocorreu de forma simultânea às vistorias nas propriedades localizadas na zona 2, que compreende um raio de dez quilômetros a partir do foco. Totalizando ambas as regiões, 616 propriedades foram vistoriadas até o momento, e a previsão é de que as ações na zona 2 se encerrem nesta terça-feira (20/2). O número total é de 699 propriedades a serem visitadas.

 

Além da checagem de medidas de biosseguridade nas granjas e ações de educação sanitária, que chegaram a 1.245 pessoas, as equipes da Seapi também estão coletando amostras em casos suspeitos. Após a observação de 1.029 aves, foram realizadas cinco coletas em criações de subsistência, com três laudos negativos e dois ainda à espera do resultado.

 

"As visitações estão sendo proveitosas. Estamos conseguindo explicar o nosso trabalho aos produtores, que têm nos recebido muito bem, entendendo a importância da atuação", destaca o diretor-adjunto do Departamento de Vigilância e Defesa Sanitária Animal, Francisco Lopes.


Texto: Elaine Pinto/Ascom Seapi

Comments


bottom of page