top of page
  • Foto do escritorEduardo Vicente

Especialista alerta para os perigos do uso do cigarro eletrônico

Dr. Marcelo Mallmann falou sobre os riscos cada vez mais alarmantes do cigarro eletrônico à saúde.

Foto: Eduardo Vicente / SulTV


Em uma entrevista reveladora concedida ao programa Redação SulTV, o renomado pneumologista Dr. Marcelo Mallmann falou sobre os riscos cada vez mais alarmantes do cigarro eletrônico à saúde. Com décadas de experiência no tratamento de doenças pulmonares, o Dr. Marcelo Mallmann expôs as verdades por trás da falsa promessa de um fumo "mais seguro".

 

O médico alertou para a composição tóxica inaladas pelos usuários de cigarros eletrônicos, que contêm substâncias como nicotina, metais pesados, compostos orgânicos voláteis e flavorizantes artificiais. Essa mistura letal pode causar uma série de problemas pulmonares graves, incluindo:

 

  • Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC): caracterizada por obstrução das vias aéreas, dificultando a respiração e causando tosse persistente, falta de ar e chiado no peito.  

  • Bronquite Obliterativa Grave (BOG): uma doença rara e potencialmente fatal que causa cicatrizes nos pulmões, levando à insuficiência respiratória.  

  • Lesão Pulmonar Aguda (LPA): uma condição grave que pode levar à inflamação e danos irreversíveis aos pulmões, podendo resultar em morte.

 

O Dr. Marcelo Mallmann também destacou os riscos do vício em nicotina, presente na maioria dos cigarros eletrônicos. A nicotina é uma substância altamente viciante que pode prejudicar o desenvolvimento do cérebro em adolescentes e jovens adultos, além de aumentar o risco de doenças cardíacas e derrames.


Confira a entrevista completa:













Comments


bottom of page