top of page
  • Foto do escritorRedação SulTV

Saiba o porquê a cidade de Cristal recebeu este nome!

Município já fez parte de Camaquã

Balneário de Cristal, um dos principais atrativos da cidade


O município surgiu dentro da área da 'Estância do Cristal', propriedade histórica da família Bento Gonçalves da Silva, o herói Farroupilha que viveu nesta época durante 40 anos, e que tinha muitos pedregulhos que pareciam cristais.


Origens

Cristal surgiu há 27 anos ao longo da BR-116 sul, às margens do Rio Camaquã, um local histórico que tem seu nome inscrito como palco de uma das batalhas da Revolução Farroupilha.

O primeiro núcleo de moradores de Cristal, formou-se a partir de um empreendimento particular iniciado pelos irmãos Egydio Alfredo e Olintho Guilherme Schlabitz, no ano de 61. Foi então construída a primeira escola em área doada e com a participação da comunidade.

Cristal tem sua constituição étnica formada por 70% de alemães, 25% de Portugueses, 2% de poloneses, 1% de italianos e 2% de negros.


Emancipação

Distrito criado com a denominação de Cristal pela Lei Municipal nº 263, de 15/09/1965, subordinado ao município de Camaquã.

Desmembrado de Camaquã, Canguçu e São Lourenço do Sul, Cristal é elevado à categoria de município pela Lei Estadual nº 8.583, de 29/04/1988. O município foi instalado em 1º/01/1989, constituído do distrito-sede.

Pela Lei nº 331, de 29/06/1994, são criados os distritos de Bom Será, Cordeiro e Passo do Mendonça e anexados ao município de Cristal.

Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído de quatro distritos: Cristal, Bom Será, Cordeiro e Passo do Mendonça.

Assim permanece em divisão territorial datada de 2020.



Fonte

https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rs/cristal/historico



Comentarios


bottom of page